top of page

⚜️ MATRIX E AS PERGUNTAS CERTAS (por Assê)

"Alguns pensam que a Matrix é o sistema (político, religioso, cultural, as mídias de massa, etc). Mas isso não é a Matrix. Isso são as programações hipnóticas e ferramentas de adormecimento para que você não perceba nem descubra o que é Matrix. O sistema é o antivírus que protege a Matrix, e ela não é algo "obvio" num novo paradima "new age". Sair do sistema, estar dentro do sistema, se revoltar contra o sistema... tudo isso só reforça a Matrix.


É como se o Ryu se revoltasse contra o seu mundo "Street Fighter". Ele, o Ryu (ego) é tão parte do videogame (o Street Fighter) como o sistema contra o qual ele se revolta (o Ryu e o Street Fighter formam parte da Matrix). O probelma é que o jogador que escolheu jogar com esse ego está dormindo, se acredita um personagem do jogo e continua hipnotizado vendo que seu personagem não consegue sair do jogo. A verdade é que o personagem nunca sairá.


Aprofunde mais... muito mais... para entender o que é tudo isto "lá fora" na "Matrix" se deseja verdadeiramente despertar. O único modo de transcender o jogo é despertar e abandonar o personagem nele. Faça as perguntas certas....


Quem é você? Onde você está realmente? Se a Matrix é a ilusão, como sair de algo que para começar, é uma ilusão? Como se sai de um sonho? Como se constrói a ilusão? Como se constroem os sonhos? Quem programa a ilusão? Quem se submete as regras do jogo? Quem são os jogadores? Quem são os programadores?


Observe atentamente durante um bom tempo antes de que seu personagem acredite que entendeu o que é Matrix e lhe convença a seguir viciado no jogo."


Assê


Por Samantha Yara Concolino


Compartilhado por

Equipe LUX - Casuá Campo de Estrelas ⭐

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

🙏UMA QUESTÃO🙏

Vou deixar uma questão para ser refletida. Não estou afirmando nem negando, estou propondo pensar fora de todo e qualquer condicionamento, inclusive o "histórico", religioso ou cultural, ou seja, das

⚜️A ILUSÃO

Sabe aquela pessoa que te testa, que te chateia, que te leva ao limite? Aquela que toca nos gatilhos da tua própria sombra? É ela que está te fazendo o enorme favor de funcionar como o retrovisor onde

Comments


Post: Blog2 Post
bottom of page